5 fatores odontológicos que podem melhorar o desempenho dos atletas

 em Saúde bucal

Você sabia que o Cirurgião-dentista pode ajudar os atletas a terem melhor desempenho esportivo através da promoção de sua saúde bucal?

O atleta pode perder até 21% do seu rendimento se tiver algum problema oral segundo a academia norte-americana de odontologia desportiva. Veja agora quais são as principais razões e o que você pode fazer:

 

1 – Mastigação eficiente:
A mastigação não somente ativa a salivação, como também é responsável por triturar o alimento. Quanto menor os alimentos estiverem, melhor será a digestão e absorção de seus nutrientes pelo intestino.
Uma mastigação apropriada fornece ao nosso organismo o tempo necessário para liberar hormônios e sinalizadores que promovem uma maior saciedade. Comendo menos (devido à maior saciedade) há menor tendência ao ganho de peso. Além de proporcionar uma digestão adequada e uma maior absorção de nutrientes tão necessária para um bom rendimento em suas atividades físicas.

2 – Respiração eficiente

A má respiração traz prejuízos à resistência do esportista e muitas vezes pode ser causada por problemas odontológicos. Atletas que respiram pela boca, chamados de respiradores bucais, têm mais dificuldade em controlar a respiração do que atletas que respiram normalmente.

 

3 – Combate ao inimigos invisíveis do atleta

Bactérias da cavidade bucal – A boca é um excelente ambiente para a proliferação de bactérias. Um foco de infecção que se inicia na boca pode afetar todo o organismo, se espalhando pelo sangue, o que pode agravar problemas cardíacos e lesões musculares.

 

4 – Tratamentos odontológicos adequados para atletas

A restauração metálica, por ser muito dura e resistente, pode levar à fratura de dentes, devido ao impacto sofrido durante a prática esportiva. Desta forma, recomenda-se a restauração em resina, que no impacto deve ser mais fácil de ser quebrada do que o dente.

 

5 – Medicamentos apropriados para esportistas:

O seu dentista deve ser preparado e ter cautela na prescrição de medicamentos para atletas, tomando o devido cuidado para não interferir em exames antidoping.

 

Riscos odontológicos na prática esportiva:

Estatisticamente as modalidade esportivas de alto contato físico trazem chances entre 33% a 56% do atleta sofrer contusões orofaciais durante a carreira. Podem ocorrer choques, cabeçadas, cotoveladas, traumatismos crânio-faciais, fraturas nasais e até mesmo quedas acidentais. Protetores bucais protegem os dentes de fraturas ou avulsões (arrancamentos), prevenindo lesões nas bochechas, língua e lábios.

Segundo a academia norte-americana de odontologia desportiva, o uso de protetores bucais na prática esportiva reduz em até 80% o risco de perda dentária.

Como o seu dentista pode ajudá-lo a melhorar a sua performance esportiva através da saúde bucal

O cirurgião dentista é o profissional que pode melhorar a sua mastigação e a sua respiração através de tratamentos dentários e ortodônticos. Ele também está apto a ajudá-lo na prevenção de acidentes orofaciais projetando protetores bucais personalizados.

Além disso, preservar a sua saúde bucal através da escovação regular e da consulta ao seu dentista no mínimo a cada 6 meses é outro fator importante para o seu desempenho.

Práticas preventivas diminuem em até 95% as chances de doenças orais. Ainda assim, na hipótese de ocorrerem, as chances de cura são maximizadas e o seu tratamento é sempre mais barato.

Postagens Recentes